terça-feira, 15 de setembro de 2015

Nossa obra gloriosa

Resultado de imagem para imagens de conversões a cristo

Nossa obra gloriosa, 29 deAgosto

Cantai ao Senhor, bendizei o Seu nome; anunciai a Sua salvação de dia em dia. Anunciai entre as  nações a Sua glória; entre todos os povos, as Suas maravilhas. Salmos 96:2,3.

A grande e gloriosa obra que nos foi confiada, de desempenhar uma parte no plano dia salvação, é maravilhosamente alta e exaltada.

Nem podemos medir os seus méritos. Devemos andar pela fé; e ao nos esforçarmos por avaliar as possibilidades, e reconhecermos a imensidade do plano da salvação, temos o privilégio de orar, com o apóstolo Paulo, para que possamos “perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento”. Efésios 3:18, 19.
Exaltai-O, ao Homem do Calvário! Demorai a mente na formosura do Seu caráter até que, pela contemplação, sejais transformados na mesma imagem.
Uma vida de oração e fé levar-nos-á a falar de Seu louvor e proclamar o Seu poder. ... A conversão genuína unirá os corações em fé e amor. Ensinar-nos-á a manter firme nossa confiança nAquele que é nossa única esperança. Pela conversão unimos nossa fraqueza à força de Deus, nossa ignorância a Sua sabedoria, nosso nenhum valor aos Seus méritos, nossa pobreza a Suas riquezas incomensuráveis, nosso desamparo ao Seu poder eterno.
Temos de examinar a Palavra de Deus, tornando-a uma parte de nós mesmos. O espírito de humildade, o espírito de Cristo, ajudar-nos-á a conhecer Aquele que nos chamou para a glória e a virtude. Se introduzíssemos, como deveríamos, a verdade na vida diária, ascenderíamos mais e mais alto, obtendo uma compreensão mais e mais clara da revelação de Deus. Exaltá-Lo-íamos em cânticos de louvor. Por intermédio do salmista Cristo declarou: “Louvar-Te-ei no meio da congregação.” Salmos 22:22.
Sua voz foi a nota  tônica do Universo. Seu ilimitado poder, Seu entendimento inescrutável, Seu  maravilhoso sacrifício pela humanidade, ajudam-nos a compreender o amor de Deus. Precisamos que Cristo habite em nosso espírito individualmente. Precisamos abrir mente e coração à morada do Espírito de verdade. Precisamos apreciar nossos privilégios como possuidores de sagrada e enobrecedora verdade. Pensai no que isto significa para nós: herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo! — Carta 28, 1907.

Postagens de Destaque