quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Cristo Era Obediente


E desceu com eles, e foi para Nazaré, e era-lhes sujeito. ... E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens. Luc. 2:51 e 52.


Não obstante a sagrada missão de Cristo, Seu exaltado parentesco com Deus, de que Ele estava inteiramente consciente, não Se julgava Ele isento da execução dos deveres práticos da vida. Era o Criador do mundo, e contudo reconhecia a obrigação que tinha para com Seus pais terrestres e, ao chamado do dever, atendendo ao desejo de Seus pais, Ele regressou com eles de Jerusalém, após a Páscoa, e era-lhes sujeito.
Ele Se submeteu às restrições da autoridade paterna e reconheceu as obrigações de um filho, irmão, amigo e cidadão. Ele Se desobrigava de Seus deveres para com os pais terrestres, mantendo respeitosa cortesia. Era Ele a majestade do Céu. Havia sido o grande General no Céu. Os anjos se compraziam em obedecer a Suas ordens. E agora Ele era um servo voluntário, um Filho alegre e obediente.
Jesus não foi afastado do fiel serviço que se esperava de um filho, por qualquer influência. Não procurou fazer qualquer coisa notável para Se distinguir dos outros jovens, nem para proclamar Sua origem celeste. Nem mesmo Seus amigos e parentes, em todos os anos de vida que Ele passou no meio deles, viram sinais especiais de Sua divindade. Cristo era calmo, abnegado, gentil, alegre, bondoso e sempre obediente. ...
Há uma importante lição para os pais e filhos aprenderem do silêncio das Escrituras com referência à infância e juventude de Cristo. Ele foi nosso exemplo em todas as coisas. No pequenino relato dado de Sua infância e juventude há um exemplo para os pais, bem como para os filhos, de que quanto mais sossegado e obscuro for o período da infância e da juventude, e quanto mais natural e isento de sensação artificial, tanto mais seguro será para a criança e tanto mais benéfico para a formação de um caráter puro, de simplicidade natural e de genuíno valor moral. The Youth's Instructor, fevereiro de 1873.


Ellen White
Minha Consagração Hoje - MM 1989 Pag. 299

Postagens de Destaque