domingo, 24 de janeiro de 2016

Serviço Cristão -- Não pensar em fracassos

Resultado de imagem para imagens da cruz de cristo

Não pensar em fracassos 
 Obreiros de Cristo nunca devem pensar, muito menos falar em fracasso em sua obra. O Senhor Jesus é nossa eficiência em todas as coisas; Seu Espírito tem de ser nossa inspiração; e ao nos colocarmos em Suas mãos, para ser veículos de luz, nossos meios de fazer bem nunca se esgotarão. Poderemos desfrutar de Sua plenitude, e receber daquela graça que desconhece limites. — Obreiros Evangélicos, 19. 
Mas se nos entregarmos completamente a Deus, e seguirmos Sua direção em nosso trabalho, Ele mesmo Se responsabilizará pelo cumprimento. Não quer que nos entreguemos a conjeturas sobre o êxito de nossos esforços honestos. Nem uma vez devemos pensar em fracasso. Devemos cooperar com Aquele que não conhece fracasso. — Parábolas de Jesus, 363. 
O Senhor fica decepcionado quando Seu povo se estima a si mesmo como de pouco valor. Deseja que Sua escolhida herança se avalie segundo o preço que Ele lhe deu. Deus a queria, do contrário não enviaria Seu Filho em tão dispendiosa missão de a redimir. Tem para eles uma utilidade, e agrada-Se muito quando Lhe fazem os maiores pedidos, a fim de que Lhe glorifiquem o nome. Podem esperar grandes coisas, se têm fé em Suas promessas. — O Desejado de Todas as Nações, 668. 

Sucesso proporcional 
Quando Deus abre o caminho para a realização de certa obra, e dá garantias de sucesso, o instrumento 242 Serviço Cristão escolhido deve fazer tudo que estiver em seu poder para alcançar os resultados prometidos. O sucesso será proporcional ao entusiasmo e perseverança com que o trabalho é levado a cabo. — Profetas e [200] Reis, 263.

 O motivo fundamental do serviço eficaz 
Tudo quanto é feito por puro amor, por mais pequenino ou desprezível que seja aos olhos dos homens, é inteiramente frutífero; pois Deus olha mais a quantidade de amor com que alguém trabalha do que à porção de trabalho que realiza. — Testemunhos Seletos 1:210. 
Dez obreiros verdadeiramente convertidos, de boa vontade e abnegados, podem efetuar mais no campo missionário, que uma centena deles que limitem seus esforços a fórmulas estabelecidas, e que defendam regras maquinais, trabalhando sem profundo amor pelas almas. Testimonies for the Church 4:602
Não são as capacidades que agora possuímos ou havemos de possuir, que nos darão êxito. É o que o Senhor pode fazer por nós. Deveríamos depositar muito menos confiança no que o homem é capaz de fazer, e muito mais no que Deus pode fazer para cada alma crente. Anseia Ele que Lhe estendamos as mãos pela fé. Anseia que esperemos grandes coisas dEle. Anela dar-nos sabedoria, tanto nos assuntos temporais como nos espirituais. Pode aguçar o intelecto. Pode dar tato e habilidade. Empreguemos nossos talentos na obra, peçamos a Deus sabedoria, e ser-nos-á dada. — Parábolas de Jesus, 146. 
O óleo da graça dá aos homens o ânimo, e supre-lhes os motivos, para fazerem cada dia a obra que Deus lhes designa. As cinco virgens loucas tinham lâmpadas (isto quer dizer o conhecimento da verdade da Escritura), mas não tinham a graça de Cristo. Dia a dia passavam por uma rotina de cerimônias e deveres formais, mas seu serviço era destituído de vida, vazio da justiça de Cristo. O Sol da Justiça não brilhava em seu coração e entendimento, e não tinham o amor da verdade que adapta à vida e ao caráter a imagem e inscrição de Cristo. O óleo da graça não era misturado com os seus esforços. Sua religião era uma casca seca, sem a amêndoa interior. Apegavam-se a formas de doutrinas, mas enganavam-se em sua vida cristã, cheia de justiça própria, deixando de aprender lições na escola de Cristo, as quais, praticadas, tê-las-iam feito sábias para a salvação. The Review and Herald, 27 de Março de 1894. 

Resultado de imagem para imagens da cruz de cristo e anjos de luz

A obra de Deus tem de ser levada a termo pela cooperação de agentes divinos e humanos. Aqueles que têm demasiada confiança em si mesmos podem ser aparentemente ativos na obra de Deus; mas se não oram, essa atividade de nada aproveitará. Pudessem eles olhar para dentro do incensário do anjo que se acha junto ao altar de ouro, diante do trono circundado pelo arco-íris, e veriam que os méritos de Jesus se têm de misturar com nossas orações e esforços, do contrário eles se tornarão tão sem valor como a oferta de Caim. Pudéssemos ver toda a atividade dos instrumentos humanos, tais como ela se apresenta diante de Deus, haveríamos de ver que unicamente a obra efetuada mediante muita oração, santificada pelos méritos de Cristo, há de suportar a prova do juízo. Quando tiver lugar o grande exame, haveis de verificar e discernir a diferença que existe entre o que serve a Deus e o que O não serve. — The Review and Herald, 4 de Julho de 1893. [201] 
A religião formal não atenderá às necessidades da época presente. É-nos possível praticar todos os atos externos de culto, e ainda assim estarmos destituídos da influência vivificante do Espírito Santo, como do orvalho e chuva, os montes de Gilboa. Necessitamos todos da rega espiritual, bem como dos brilhantes raios do Sol da Justiça, para nos suavizar e subjugar o coração. Devemos estar sempre firmados nos princípios, como uma rocha. Os princípios bíblicos devem ser ensinados e também apoiados por santa prática. — Testemunhos Seletos 3:50, 51. 
O sucesso não depende tanto de talento quanto de energia e boa vontade. Não é a posse de esplêndidos talentos que nos capacita a prestar serviço aceitável; mas a conscienciosa realização dos deveres diários, o espírito contente, o interesse sincero e sem afetação no bem-estar dos outros. Na mais humilde sorte pode ser encontrada verdadeira excelência. As tarefas mais comuns, executadas com amorável fidelidade, são belas à vista de Deus. — Profetas e Reis, 219. 
A estrutura simétrica de um caráter forte e belo baseia-se nos atos individuais do dever. E a fidelidade deve caracterizar nossa vida nos seus mínimos pormenores bem como nos máximos. A integridade nas pequenas coisas, a realização de pequenos atos de fidelidade e pequenas ações de bondade, alegrarão a senda da vida; e, quando terminar a nossa obra na Terra, verificar-se-á que cada um dos pequenos deveres fielmente cumpridos exerceu uma influência para o bem, influência essa que jamais poderá perecer. — Patriarcas e Profetas, 574. 

Resultado de imagem para imagens da cruz de cristo e vitória do cristão

Postagens de Destaque