domingo, 19 de outubro de 2014

Satanás Ganha Terreno por Meio de Falsas Doutrinas


O Erro Tira sua Vida da Verdade
Satanás tem operado com poder enganador, introduzindo uma multiplicidade de erros que obscurecem a verdade. O erro não pode subsistir por si mesmo, e se extinguiria de pronto, não se apegasse como parasita à árvore da verdade. O erro tira sua vida da verdade de Deus. As tradições dos homens, como microrganismos que pairam no ar, agarram-se à verdade de Deus, e os homens as consideram como parte da verdade. Mediante falsas doutrinas, Satanás consegue terreno onde firmar-se, e cativa a mente dos homens, fazendo com que se apeguem a teorias que não têm fundamento na verdade. Eles ensinam ousadamente, como doutrinas, mandamentos de homens; e à medida que a tradição caminha de século para século, vai adquirindo poder sobre o espírito humano. O tempo, todavia, não torna o erro verdade, tampouco seu peso opressivo faz com que a planta da verdade se mude em parasita.

 A árvore da verdade dá seu genuíno fruto, mostrando sua verdadeira origem e natureza. A parasita do erro também produz seu fruto, e torna manifesto que seu caráter é diverso da planta de origem celeste.
É pelas falsas teorias e as tradições, que Satanás obtém poder sobre a mente do homem. Podemos ver a que ponto ele exerce seu poder, pela deslealdade que prevalece no mundo. Mesmo as igrejas que professam cristianismo, têm-se desviado da lei de Jeová, e erguido uma falsa norma. Satanás tem posto a mão em tudo isto; pois dirigindo os homens por normas falsas, deturpa o caráter, e faz com que a humanidade o reconheça como supremo. Ele trabalha contra a Santa lei de Deus, e nega a jurisdição divina. Toda má obra tem sua origem no trono dele, e é ali que encontra apoio. Review and Herald, 22 de outubro de 1895.


Caminhos Divergentes da Verdade e do Erro
Os anjos de Satanás são sábios para fazer o mal, e produzirão aquilo que alguns pretenderão que seja luz avançada, proclamando-a como nova e maravilhosa; mas ao passo que, em alguns aspectos a mensagem pode ser verdade, estará misturada de invenções humanas, e ensinará por doutrina mandamentos de homens. Se já houve tempo em que devêssemos vigiar e orar com sincero fervor, esse tempo é agora. Muitas coisas aparentemente boas terão que ser cuidadosamente consideradas com muita oração, pois são enganadores ardis do inimigo para levar as pessoas a um caminho tão próximo ao da verdade, que dificilmente poderá ser distinguido dela. Os olhos da fé, porém, podem discernir que ele diverge, se bem que quase imperceptivelmente, da senda reta. A princípio talvez se pense que ele é positivamente direito, mas depois de algum tempo, vê-se que diverge largamente do caminho que conduz à santidade e ao Céu. Meus irmãos, advirto-vos a fazer retos caminhos para os vossos pés, para que o coxo se não desvie do rumo. Manuscrito 111.


Heresias Apresentadas Como Doutrinas Bíblicas
É chegado o tempo em que não podemos confiar nas doutrinas que nos chegam aos ouvidos, a menos que vejamos que se harmonizam com a Palavra de Deus. Há heresias perigosas, que serão apresentadas como doutrinas bíblicas; e cumpre-nos familiarizar-nos de tal maneira com a Bíblia, que as saibamos enfrentar. A fé de todo indivíduo será provada, e cada um passará por uma prova de rigorosa crítica. Review and Herald, 3 de maio de 1887.


Satanás Emprega Mal a Escritura
Todos se devem familiarizar com a Palavra de Deus; porque Satanás perverte e cita erradamente a Escritura, e os homens seguem-lhe o exemplo, apresentando parte da Palavra de Deus aos que desejam levar por falsos caminhos, retendo a parte que lhes estragaria os planos. Todos têm o privilégio de familiarizar-se com um claro "Assim diz o Senhor". ...
Há falsos pastores que farão e dirão coisas perversas. As crianças devem ser instruídas de maneira que estejam familiarizadas com a Palavra de Deus, e habilitadas a saber quando parte de um texto é lida e parte deixada por ler a fim de causar uma falsa impressão. Manuscrito 153, 1899.


Erros Introduzidos por Líderes Religiosos
Tendo a Bíblia aberta diante de si, e professando respeitar-lhe os ensinos, muitos dos líderes religiosos de nossa época estão destruindo a fé nela como Palavra de Deus. Ocupam-se em dissecar a Palavra, e estabelecer as próprias opiniões acima de suas declarações positivas. A Palavra de Deus perde, em suas mãos, o poder regenerador. É por isso que a incredulidade espalha-se, e reina a iniqüidade.
Depois de minar a fé na Bíblia, Satanás encaminha os homens a outras fontes em busca de luz e poder. Assim se insinua ele. Os que se desviam dos claros ensinos da Escritura, e do poder convincente do Espírito Santo de Deus, estão convidando o domínio dos demônios. A crítica e as especulações concernentes às Escrituras, têm aberto o caminho ao espiritismo e à teosofia - essas formas modernas do antigo paganismo - para conseguir firmar-se mesmo nas professas igrejas de nosso Senhor Jesus Cristo.

Lado a lado com a pregação do evangelho, acham-se a operar forças que não são senão médiuns de espíritos de mentira. Muito homem se intromete com elas por mera curiosidade, mas vendo demonstrações de forças sobre-humanas, é fascinado a ir sempre mais adiante, até que fica dominado por uma vontade mais forte que a sua própria. Não lhe pode escapar ao misterioso poder.
São derribadas as defesas da alma. Não tem barreira contra o pecado. Uma vez que as restrições da Palavra de Deus e de Seu Espírito são rejeitadas, homem algum pode saber a que profundezas de degradação é capaz de imergir. Um pecado secreto ou paixão dominadora o pode reter cativo tão impotente como era o endemoninhado de Cafarnaum. Todavia, seu estado não é desesperador. O Desejado de Todas as Nações, pág. 258.


Ellen white
Do livro evangelismo Pag.589 - 591

Postagens de Destaque