segunda-feira, 21 de outubro de 2013

A Vida Eterna Começa Agora

Ellen White

E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no Seu Filho. I João 5:11.

A ressurreição de Jesus era um exemplo da ressurreição final de todos os que dormem nEle. Signs of the Times, 26 de setembro de 1878.
[O cristão] pode morrer; mas a vida de Cristo está nele, e na ressurreição dos justos ele ressuscitará para novidade de vida. Review and Herald, 1 de outubro de 1901.
"NEle estava a vida, e a vida era a luz dos homens." João 1:4. Não é a vida física que é aqui especificada, mas a imortalidade, a vida que é exclusivamente propriedade de Deus. O Verbo, que estava com Deus e era Deus, possuía essa vida. A vida física é algo que todo indivíduo recebe. Não é eterna ou imortal; pois Deus, o doador da vida, toma-a outra vez. O homem não tem domínio sobre sua vida. A vida de Cristo, porém, não era de empréstimo. Ninguém pode arrebatar-Lhe essa vida. "Eu de Mim mesmo a dou" (João 10: 18), disse Ele. NEle havia vida, original, não tomada por empréstimo, não derivada. Essa vida não é inerente ao homem. Ele só a pode possuir mediante Cristo. Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág. 296.
Conquanto possuísse a natureza humana, Ele [Cristo] dependia do Onipotente quanto a Sua vida. Em Sua humanidade, Ele apoderava-Se da divindade de Deus; e isto todo membro da família humana tem o privilégio de fazer. ... Se nos arrependemos de nossa transgressão e aceitamos a Cristo como o Doador da vida, ... tornamo-nos um com Ele, e nossa vontade é posta em harmonia com a vontade divina. Tornamo-nos participantes da vida de Cristo, que é eterna. Obtemos imortalidade de Deus recebendo a vida de Cristo, pois em Cristo habita corporalmente toda a plenitude da Divindade. Esta vida é a união e cooperação mística do divino com o humano. Signs of the Times, 17 de junho de 1897.
Cristo tornou-Se uma mesma carne conosco, a fim de nos podermos tornar um espírito com Ele. É em virtude dessa união que havemos de ressurgir do sepulcro - não somente como manifestação do poder de Cristo, mas porque, mediante a fé, Sua vida se tornou nossa. Os que vêem a Cristo em Seu verdadeiro caráter, e O recebem no coração, têm vida eterna. É por meio do Espírito que Cristo habita em nós; e o Espírito de Deus, recebido no coração pela fé, é o princípio da vida eterna. O Desejado de Todas as Nações, pág. 388.

Maranata, O Senhor Vem - MM 1977  Pag. 300

Postagens de Destaque