quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Um só Redentor,

Um só Redentor, 7 de Janeiro

Deus prova o Seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Romanos 5:8.

Logo que houve pecado, houve um Salvador. Cristo sabia o que Ele teria que sofrer, entretanto tornou-Se substituto do homem. Logo que Adão pecou, o Filho de Deus apresentou-Se como penhor da humanidade. — The S.D.A. Bible Commentary 1:1084.
Pensai em quanto terá custado a Cristo deixar as cortes celestiais, e assumir Sua posição como cabeça da humanidade. Por que fez isso? — Foi porque era o único capaz de redimir a raça caída. Não havia no mundo um ser humano que fosse sem pecado. O Filho de Deus desceu de Seu trono celestial, depôs Suas vestes reais e a real coroa, e revestiu de humanidade a Sua divindade. Veio para morrer
por nós, para jazer na tumba como o têm de fazer os seres humanos, e para ressurgir para nossa justificação.
Veio Ele para tornar-Se familiar com todas as tentações com as quais o homem é cercado. Surgiu do sepulcro, e proclamou, sobre a aberta sepultura de José: “Eu sou a ressurreição e a vida.” João
11:25. Alguém igual a Deus passou, Ele mesmo, através dos portais da morte em nosso favor. Provou a morte por todo homem, a fim de que por Ele todos pudessem ser participantes da vida eterna.
Cristo ascendeu ao Céu, como portador de uma humanidade santa e santificada. Tomou consigo essa humanidade, para as cortes celestiais, e através dos séculos eternos Ele a manterá, como Aquele que redimiu todo ser humano da cidade de Deus, Aquele que pleiteou perante o Pai: “Na palma das Minhas mãos, te tenho gravado.” Isaías 49:16. As palmas de Suas mãos trazem a cicatriz dos ferimentos que recebeu. Se somos machucados e feridos, se encontramos problemas [9] que são difíceis de vencer, lembremo-nos de quanto Cristo sofreu por nós. ...
Nosso Salvador suportou tudo que nós somos chamados a suportar, de modo que nenhum ser humano pudesse alegar: “Ele não conhece meus sofrimentos e minhas aflições.” Em todas as nossas aflições foi Ele afligido. ...
Satanás declarou que os seres humanos não podiam viver sem pecar. Cristo passou por onde Adão tropeçou e caiu, e por uma vida sem pecado colocou a humanidade em terreno vantajoso, a fim de
que cada qual pudesse estar perante o Pai, aceito no Amado. — The
Review and Herald, 9 de Março de 1905

Ellen White
Nos Lugares Celestiais - MM 1967 Pag. 12

Postagens de Destaque