quarta-feira, 5 de março de 2014

Vida de Desafio - Estêvão - o Primeiro Mártir

E apedrejaram a Estêvão, que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito. E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu. Atos 7:59 e 60.

Estêvão, um homem amado por Deus, o qual estava lutando por ganhar pessoas para Cristo, perdeu a vida porque deu um vitorioso testemunho do Salvador crucificado e ressuscitado. ... O ódio que os inimigos da verdade tinham demonstrado contra o Filho de Deus, foi o mesmo que revelaram contra Seus seguidores. Não podiam suportar que falassem dAquele que haviam crucificado e, uma vez que Estêvão dava tão ousado testemunho, ficaram enfurecidos. ...
No brilho que viram no rosto de Estêvão, as autoridades tiveram evidência divina. Mas desprezaram a evidência! Manuscrito 11, 1900.
Quando Estêvão teve que sofrer por Cristo, não se abalou. Percebeu seu fim na crueldade da expressão de seus perseguidores, mas não hesitou em dar-lhes a última mensagem que ele devia proclamar aos homens. Olhou para cima e disse: "Eis que vejo os Céus abertos e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus." Atos 7:56. Todo o Céu estava interessado no caso. Jesus, erguendo-Se do trono de Seu Pai, estava inclinado, olhando para o rosto de Seu servo e transmitindo à sua fisionomia os raios de Sua própria glória, e os homens ficaram perplexos ao verem o rosto de Estêvão brilhando como se fosse o rosto de um anjo. A glória de Deus brilhava sobre ele e, enquanto ele contemplava a face de seu Senhor, os inimigos de Cristo o apedrejavam para matá-lo. Não foi aquela uma morte cruel, ao nosso modo de ver? Mas ele não teve nenhum medo de morrer, e suas últimas palavras foram uma oração para que o Senhor perdoasse a seus algozes.
Jesus tem facilitado isto, tanto quanto possível, para Seus servos, e Ele quer que sigamos Seus passos; e se o fizermos, seremos participantes de Cristo e de Sua glória. Review and Herald, 29 de abril de 1890.
Ellen White
Minha Consagração Hoje - MM 1989/1953 Pag. 67

Postagens de Destaque