sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Veremos o Rei

Ellen White

Os teus olhos verão o rei na Sua formosura, verão a terra que se estende até longe. Isa. 33:17.

Se desejamos ver o Rei em Sua formosura, temos de aqui nos comportar à altura. Temos de deixar atrás nossa meninice. Quando vier provocação, fiquemos calados. Há ocasiões em que o silêncio é eloqüência. Devemos revelar a paciência, bondade e longanimidade que nos tornem dignos de ser chamados filhos e filhas de Deus. Devemos confiar nEle, crer nEle, e com Ele contar. Devemos seguir as pegadas de Cristo. "Se alguém quer vir após Mim", diz Ele, "negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-Me." Luc. 9:23. ... O ficar calado quando assim devemos proceder, pode representar para nós uma cruz pesada. Pode ser uma disciplina penosa; deixai, porém, que vos assegure que o silêncio faz muito mais para vencer o mal do que uma tempestade de palavras iradas.
Neste mundo devemos aprender o que devemos ser para ter um lugar nas cortes celestiais. Devemos aprender as lições que Cristo nos deseja ensinar, para estarmos preparados para ser levados à escola superior das cortes de cima, onde o Salvador nos guiará para junto do rio da vida, explicando-nos muitas coisas que aqui não pudemos compreender, e ensinando-nos, os mistérios de Deus. Lá veremos a glória de Deus como nunca a vimos aqui. Agora só recebemos um vislumbre da glória, porque não prosseguimos em conhecer ao Senhor. Review and Herald, 20 de julho de 1905.
Cada princípio reto, cada verdade aprendida em uma escola terrestre, far-nos-á mais adiantados, em medida correspondente, na escola celestial. Assim como Cristo andava e falava com Seus discípulos durante Seu ministério na Terra, semelhantemente Ele nos ensinará na escola celestial, levando-nos para junto do rio das águas vivas, e revelando-nos verdades que nesta vida devem permanecer como ocultos mistérios por causa das limitações da mente humana, tão arruinada pelo pecado! Na escola celestial teremos oportunidade de alcançar, passo a passo, as maiores elevações do saber. Como filhos do rei celestial, ali habitaremos sempre com os membros da família real; ali veremos o Rei em Sua beleza, e contemplaremos Seus atrativos incomparáveis. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 209.
Muito temos esperado, mas nossa esperança não se deve turbar. Se tão-somente pudermos ver o Rei em Sua formosura, seremos benditos para sempre. Testimonies, vol. 8, pág. 253.

Maranata, O Senhor - MM 1977 Pag. 325


Postagens de Destaque