sexta-feira, 6 de março de 2015

A Iluminação do Espírito

Resultado de imagem para imagens bíblia e o Espirito santo
A Iluminação do Espírito
Que os autores do Antigo e do Novo Testamento foram inspirados pelo Espírito Santo é uma parte da história, apenas. Além disto, Ele ilumina as mentes e abre os corações dos leitores. Achamos as mais diversas reações espirituais à Palavra de Deus. Jeremias disse: "Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo teu nome sou chamado, ó Senhor, Deus dos Exércitos" (Jer. 15:16). Isaías disse: "Seca-se a erva e cai a sua flor, mas a palavra do nosso Deus permanece eternamente" (Isa. 40:8).
Jesus advertiu os saduceus de quase dois mil anos atrás de que havia muitos erros em seus ensinos porque não conheciam as Escrituras e o poder de Deus (Mat. 22:29). Isto relaciona as Escrituras com o poder do Espírito Santo, que opera transformações através da Bíblia. E João registra as palavras de Jesus: "A Escritura não pode falhar" (João 10:35). Jesus disse também: "Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado" (João 15:3).
Constatamos que o Espírito Santo, através da Bíblia, não só nos transmite verdades doutrinarias ou históricas, Ele também a usa como meio de falar aos nossos corações. É por isso que insisto com as pessoas que estudem as Escrituras - entendam ou não completamente o que estão lendo. A leitura da Escritura em si possibilita a iluminação do Espírito e sua atuação em nós. Enquanto lemos a Palavra, sua mensagem enche os nossos corações, estando nós conscientes disto ou não. A Palavra, com todo o seu poder misterioso, toca em nossas vidas e nos dá do Seu poder.
Podemos ver isto, por exemplo, na afirmação de Paulo: "Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparada para aqueles que o amam; mas Deus no-lo revelou pelo Espírito. .." (1 Cor. 2:9, 10).
Observe que Paulo não diz que Deus nos revela estas coisas por Sua Palavra (apesar de ser o lugar de as acharmos), mas Ele o faz pelo Espírito, através da Sua Palavra. "Nós não temos recebido o espírito deste mundo, mas o Espírito mandado por Deus, que nos faz entender tudo o que Deus nos tem dado" (1 Cor. 2:12, BLH).
O Rev. Gotttried Osei-Mensah, do Quênia, disse no Congresso de Evangelização de Lausanne em 1974: "Revelar verdades antes escoradas da busca e da compreensão humanas, iluminar as mentes das pessoas para que as conheçam e entendam (1 Cor. 2:9, 10) é obra do Espírito Santo." Se ensinar é função do Espírito, nossa obrigação é ser estudantes Sinceros da Palavra."5
Eu experimentei isto, estudando as Escrituras. Coisas que talvez eu já conhecesse intelectualmente há anos se tornaram vivas para mim em todo o seu significado espiritual quase milagrosamente. Enquanto estudava as Escrituras aprendi também que o Espírito deixa brilhar cada vez mais a luz da Palavra. Quase cada vez que eu leio uma passagem que me é familiar há muito tempo descubro alguma coisa nova. Isto acontece porque a Palavra escrita de Deus é Palavra viva. Eu sempre me aproximo das Escrituras com a oração do salmista: "Abre os meus olhos para que eu posa ver as verdades maravilhosas da tua lei" (Salmo 119:18, BLH).

A Unidade do Espírito e da Palavra
Existe uma unidade gloriosa entre o Espírito Santo e a Palavra de Deus. Pedro ilustrou isto no dia de Pentecostes, citando o Antigo Testamento: "O que ocorre é o que foi dito por intermédio do profeta Joel" (Atos 2:16). Este "o que ocorre" se refere ao Espírito prometido. "o que foi dito" se refere à Palavra escrita. "O que ocorre é o que foi dito" mostra a unidade maravilhosa que existe entre o Espírito e a Pa lavra.
"Porque a palavra do rei tem autoridade suprema" (Ecles. 8:4), e "onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade" (2 Cor. 3:17). Estas duas coisas – poder e liberdade – caracterizarão as afirmações de quem proclama a Palavra de Deus cheio do Espírito.
James Hervey fala da mudança que foi visível em Wesley quando passou a ser controlado pelo Espírito. Ele diz: "Antigamente a pregação de Wesley era como o disparo de uma flecha – toda a sua velocidade e força dependem da força do braço que retesa o arco; agora passou a ser como o disparo de um rifle – sua força estava no poder, precisando apenas de um leve toque do dedo para ser liberada."
Eu tenho certeza que a pregação para ser eficiente tem de ser bíblica. Pode ser a exposição de uma só palavra da Bíblia, de um parágrafo ou um capítulo. O Espírito usa a Palavra. Por isso, o mais importante é que a Palavra de Deus seja proclamada. Milhares de pastores, professores de escola dominical e obreiros cristãos não têm poder porque não usam a Palavra corno fonte para seu ensino e pregação. Quando pregamos ou ensinamos das Escrituras, abrimos a porta para que o Espírito Santo possa agir. Deus não prometeu abençoar eloqüência ou inteligência na pregação; prometeu abençoar Sua Palavra. Disse que ela não voltaria a Ele "vazia" (Isa. 55:11).
Também é a Palavra de Deus que muda nossas vidas. Lembre-se, Deus nos deu Sua Palavra para "o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça; a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda a boa obra" (2 Tim. 3:16,17). Estas coisas estão acontecendo em nossas vidas? Estamos aprendendo a verdade de Deus? Jesus disse: "A tua palavra é a verdade" (João 17:17). Estamos sendo convencidos dos pecados em nossas vidas, da nossa necessidade de correção de Deus e justiça de Deus, ao lermos a Bíblia? A Bíblia diz: "Porque a Sua palavra é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração. E não há criatura que não seja manifesta na sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas" (Heb. 4:12, 13). Deixe o estudo da Bíblia Se tornar central em Sua vida – você não só a conhecerá, mas lhe obedecerá. Diga como Jó: "Do mandamento de seus lábios nunca me apartei, escondi no meu íntimo as palavras da sua boca" (Jó 23:12).
George Müller (o grande fundador do Orfanato Bristol no século passado) disse certa vez: "O vigor da nossa vida espiritual estará na proporção exata do lugar que a Bíblia ocupar em nossa vida e em nossos pensamentos ... Eu li a Bíblia de capa a capa mais de cem vezes, cada vez com mais prazer. A cada leitura me parece ser um livro novo. A bênção de um estudo seguido, dedicado e diário tem sido muito grande. O dia me parece perdido quando não gastei um tempo proveitoso curvado sobre a Palavra de Deus."6

O Espírito Está Usando a Palavra Hoje
O Espírito tem poder para transformar e inspirar vidas também hoje, através da Bíblia. Trago aqui algumas situações em que Ele falou com pessoas recentemente:
Um ex-cirurgião-geral português estava voltando certo dia para casa, sob forte chuva. Chegando em casa, ele notou que um pedaço de papel tinha grudado em seu sapato. Tirando-o, viu que era um folheto, que apresentava o evangelho usando passagens bíblicas. Lendo-o, ele foi convertido a Jesus Cristo.
O Dr. J. B. Phillips escreve no prefácio às suas Cartas às Igrejas Novas que ele foi "continuamente enlevado pela qualidade viva do material" com que trabalhava; muitas vezes se sentir como "um eletricista trocando a instalação elétrica de uma casa velha sem poder desligar a chave geral"7
Muitos prisioneiros no "Hanói Hilton" durante a guerra do Vietnã foram gloriosamente sustentados pelo Espírito, através da Palavra de Deus. Estes homens falaram da força que receberam da Palavra de Deus.
Howard Rutledge, no seu livro Na Presença dos Meus Adversários, conta como os prisioneiros desenvolveram um sistema de código que o inimigo nunca foi capaz de desvendar. Através dele se comunicavam uns com os outros, dizendo seus nomes e números. Passavam também outras mensagens, inclusive versículos bíblicos que lembravam de cor.
Geoffrey Bull, missionário na fronteira do Tibete, disse em seu livro Quando Portões de Ferro se Abrem que durante seus três anos de prisão ele foi submetido a uma impiedosa lavagem cerebral, e teria sucumbido, se não fossem os versículos bíblicos que tinha decorado. Repetia-os sempre de novo para si quando estava na solitária, e através deles Deus lhe deu forças para enfrentar a tortura que deveria acabar com ele.
Escrevi até aqui principalmente de pessoas que estiveram presas ou em situações desesperadoras. Mas poderia dizer muito sobre o alimento e fortalecimento da fé que todos nó recebermos diariamente, estudando a Palavra de Deus, e a sabedoria com que ela nos equipa para a vida diária.
Lembro-me de Hebreus 11:32: "E que mais direi ainda? Certamente me faltará o tempo necessário para referir o que há a respeito de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jefté..." Dezenas de milhares de santos e sofredores de Deus, em todos os tempos, viram suas noites escuras sendo iluminadas, suas almas torturadas fortalecidas, porque obtiveram ajuda do Espírito, na Palavra de Deus.
À medida que nos aproximamos do fim dos tempos, a perseguição se intensifica. Já vemos evidências disto em muitas partes do mundo. Os versículos que você memoriza agora e os ensinos da Palavra de Deus que você aprende agora o sustentarão naquela hora! – se você for chamado para sofrer fisicamente e intelectualmente por causa do nome de Cristo!


Billy Graham
O Espírito Santo e a Biblia Pags. 8 - 12

Postagens de Destaque